Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

Deputado Valmir Assunção acusa a presidência do Incra de insensibilidade
Em entrevista, ele cita questão dos PFAs para evidenciar o descaso com a Reforma Agrária

Egresso do Movimento Sem-Terra (MST), o deputado federal Valmir Assunção (PT/BA), em entrevista à Tribuna da Bahia, ele reclama da demora em decretos de desapropriação, da falta de empenho do governo federal para a reforma agrária e acusa o presidente do Incra, Carlos Guedes, de insensibilidade com as famílias acampadas.

Em sua entrevista, ele cita ainda a questão salarial dos PFAs e a recente entrega de cargos: “os peritos, que são responsáveis por fazer vistoria para o processo de desapropriação, entregaram os cargos que tinham dentro do Incra. Por que isso? Porque um perito do Incra que faz a mesma função que um agrônomo do Ministério da Agricultura ganha 40% do valor do salário de um agrônomo do Ministério da Agricultura”.

Veja aqui a entrevista do deputado.

Por KASSIO ALEXANDRE BORBA

Coordenador Executivo