Domingo, 27 de Novembro de 2022

Sindicato recebe visita do Prefeito de Porto Alegre
José Fortunati foi convidado a comparecer ao II CNPFA

No dia 29/7, o SindPFA recebeu em sua sala – para um café da manhã – o Prefeito de Porto Alegre-RS, José Fortunati, que veio a Brasília para, entre outros compromissos, conversar e conhecer um pouco mais do trabalho que é feito pelo SindPFA.

Fortunati participou da fundação do Partido dos Trabalhadores – PT, mas se transferiu para o Partido Democrático Trabalhista – PDT, em 2002. Atualmente está sem partido e é um provável candidato a uma das vagas no Senado Federal pelo Estado do Rio Grande do Sul nas próximas eleições.

O Diretor Presidente do SindPFA, Sávio Feitosa, iniciou a conversa com o Prefeito apresentando a carreira de Perito Federal Agrário, a entidade e suas principais ações. O Sindicato também deu um panorama sobre a situação atual da política agrária e da situação do Incra, órgão que tem como missão a reforma agrária e o ordenamento da estrutura fundiária.

Nesse contexto, foi explicada a desmotivação que vive o corpo de servidores da autarquia e a necessidade de atualização institucional, de modo que o órgão modernize-se sob todos os aspectos e a política pública consiga alcançar os seus beneficiários.

Fortunati declarou que é um defensor do trabalho técnico de qualidade e que, no serviço público, a meritocracia e os aspectos técnicos devem ser levados em consideração para que o Estado consiga ter êxito nas suas políticas. “Adotamos esta metodologia na Prefeitura de Porto Alegre, pois acreditamos que isso qualifica a gestão municipal”, destacou o Prefeito.

Sávio encerrou a conversa convidando o Prefeito Fortunati a prestigiar o II Congresso Nacional dos Peritos Federais Agrários (CNPFA), destacando a importância do evento neste momento crítico e sensível vivido pelo país, em especial na política agrária. O Prefeito declarou apoio à proposta dos PFAs e convidou a Diretoria do Sindicato a ir à Prefeitura de Porto Alegre para conhecer o trabalho de gestão municipal.

Por KASSIO ALEXANDRE BORBA

Coordenador Executivo

Tags: