Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2022

SindPFA constitui Comissão Eleitoral para as Eleições 2018
Filiados elegerão novos membros para a Diretoria Colegiada, Conselho Fiscal e Delegados Sindicais com mandato de 2019 a 2021

Por meio da Resolução SindPFA nº 10/2018, de 10 de outubro de 2018, a Diretoria Colegiada o Sindicato designou a Comissão Eleitoral Central (CEC), responsável por realizar as eleições para a Diretoria Colegiada, Conselho Fiscal e Delegados Sindicais para o mandato de 2019 a 2021.

A CEC para este pleito é composta por:
Ana Maria Faria do Nascimento (RJ), Presidente;
Rafael Torgone Vicente da Silva (Sede), Secretário; e
Luciano Rodrigues da Silva (DF), Secretário.

Obedecendo às balizas do Estatuto, especificamente do art. 48 ao 59, a Comissão Eleitoral Central administrará o pleito, com competência para convocar a Assembleia Geral Ordinária de Eleições, por meio de Edital, divulgando os procedimentos para registro de chapas e impugnações, regrando a campanha eleitoral e disciplinando a sua forma de realização.

A mudança estatutária aprovada pela Assembleia Geral em 11/6 contemplou algumas alterações nas Eleições para os órgãos do Sindicato, já em vigor para este ano. Houve uma simplificação do processo, com a desvinculação das chapas da Diretoria Colegiada e das Delegacias Sindicais. Antes da mudança, a formação de uma chapa para ambos exigia uma composição de de 66 filiados. Com a separação, a chapa da Diretoria precisará reunir apenas 16 filiados, mantida a abrangência nacional.

As Delegacias Sindicais passam a eleger seus Delegados em processos regionalizados e, com isso, ganham mais autonomia na escolha. Contudo, o registro deve ocorrer no decurso do mesmo processo eleitoral, sob os mesmos prazos das candidaturas à Diretoria e ao Conselho Fiscal, e também por chapas. Onde não for eleito Delegado Sindical, a Diretoria Colegiada poderá nomeá-los.

A nomenclatura das diretorias temáticas foi também simplificada, facilitando a compreensão das suas competências e a busca por perfis ideais. Alterações foram feitas para incentivar a participação feminina na gestão da entidade. A Comissão Eleitoral Central apresentará no Edital a quantidade mínima de mulheres nas composições conforme o percentual do quadro de filiados da situação.

Os mandatos foram ampliados de dois para três anos a partir deste pleito, para adequar-se ao tempo comum de gestões do Sistema Confea/Crea, da Pública – Central do Servidor e do Fórum Nacional Permanente das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate). Os mandatos também passam a se iniciar no primeiro dia do ano civil, 1º de janeiro, e a terminar em 31 de dezembro, de modo que o ano fiscal não seja responsabilidade de mais de uma Direção. A posse dos novos membros deve ocorrer ainda na primeira quinzena de dezembro, conforme o calendário.

A Presidente da Comissão responde pelo e-mail eleicao@sindpfa.org.br


Atualização: A Comissão Eleitoral Central publicou Edital de Convocação das Eleições, que ocorrerão em 26 de novembro de 2018.

Por KASSIO ALEXANDRE BORBA

Coordenador Executivo