Quarta-feira, 20 de Março de 2019

SindPFA reúne-se com a Procuradora-Chefe do Incra
Decreto sobre critérios para nomeação de Superintendentes é um dos temas tratados

No dia 21 de fevereiro, a Diretora Presidente do SindPFA, Djalmary Souza, acompanhada do Diretor Jurídico, Haroldo Araújo, e seu suplente, Carlos Eduardo Garcia, e do suplente da Diretoria Financeira, Ricardo Pereira, reuniram-se com a Chefe da Procuradoria Federal Especializada (PFE) junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Renata Silva Pires de Carvalho.

Inicialmente, a Diretora Presidente apresentou o Sindicato, a Carreira de Perito Federal Agrário e como se deu a organização da entidade ao longo do tempo e expôs as campanhas e ações em andamento. Em seguida, entregou os materiais produzidos que sintetizam e materializam as propostas discutidas e defendidas pela categoria. Mais uma vez, o Sindicato foi ouvido e as propostas foram bem recebidas.

Ao manifestar-se, a Procuradora-Chefe elogiou a postura propositiva da entidade e externou boa impressão com a apresentação de propostas, não somente de solicitação de apoio a uma tabela de aumento salarial. Ela concorda que o Incra precisa de um novo momento e avaliou que as sugestões do SindPFA são interessantes.

No momento em que se abordou o Decreto nº 3135/1999, que estabelece critérios para a nomeação de Superintendentes Regionais do órgão, no contexto da Campanha por um Incra Técnico, a Procuradora-Chefe, observou: “este Decreto está no meu radar”. Revelou ainda que já havia conversado sobre essa legislação com o Presidente do Incra.

O Sindicato colocou-se à disposição para colaborar e participar dos espaços de discussão. Com isso, espera abrir espaços para que a Carreira participe ativamente no processo de mudança pelo qual o Incra está passando, reiterando que a construção de carreiras fortes se dão como consequência de uma instituição fortalecida e valorizada.

KASSIO ALEXANDRE BORBA

Por KASSIO ALEXANDRE BORBA

Coordenador Executivo no SindPFA