Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2023

Diretoria determina realização do II Congresso dos PFAs
Evento acontecerá de 28/11 a 1º de dezembro de 2016

A Diretoria Colegiada do SindPFA, reunida em Brasília-DF na última semana, definiu a realização do II Congresso Nacional dos Peritos Federais Agrários (CNPFA), como lhe compete o Estatuto Social da entidade. O evento ocorrerá de 28 de novembro a 1º de dezembro de 2016. Assim, após três dias de atividades, o encerramento dar-se-á com a posse da nova Diretoria Colegiada, a ser eleita no pleito deste ano.

O II CNPFA pretende discutir a gestão territorial rural como política de Estado. Isso permitirá trabalhar temas como cadastro, regularização fundiária, cartografia, fiscalização da função social, mercado de terras, titulação, entre outros. A Comissão Organizadora fará esses delineamentos e estabelecerá o tema oficial em breve.

Nos próximos dias, assim que determinadas as linhas gerais, o SindPFA lançará um Concurso de Monografia para os integrantes da Carreira, com premiação, para reunir trabalhos relacionados.

Em resolução, o colegiado também definiu a Comissão Organizadora, que será formada pelos PFAs Ricardo Pereira (ex-Diretor Presidente do SindPFA, hoje na SR-28/DFE), Ana Nascimento, (SR-10/SC), Emanuel Pereira (SR-23/SE), Emerson Alencar (SR-29/MSF) e Andre Dosualdo (SR-08/SP). Outras subcomissões temáticas devem ser formadas e deve haver um Estatuto próprio para o Congresso.

Veja a Resolução:

O primeiro Congresso da categoria foi realizado em maio de 2011, com o tema “Os PFAs e a política agrária do Século XXI”, à época pela Associação Nacional dos Engenheiros Agrônomos do Incra – Assinagro, precursora do SindPFA.

O Congresso é um marco importante para a categoria, pois reúne a categoria num fórum ampliado para discutir sua atuação, perspectivas e ações. É um relevante meio para também remobilizar os profissionais para as lutas presentes e vindouras.

“No turbilhão que se vive no ambiente político, é necessário realizar as discussões de futuro da Carreira e se posicionar para poder contribuir com as necessárias mudanças na estrutura da política agrária brasileira”, diz Sávio Feitosa, Diretor Presidente do SindPFA.

Por KASSIO ALEXANDRE BORBA

Coordenador Executivo