Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2023

MST recorre a Alckmin para pedir mais assentamentos
Já que no âmbito do governo federal a pauta não avança

Na falta de respaldo do governo da presidente Dilma Rousseff, que pode fechar o ano sem arrecadar terras para a reforma agrária, o Movimento dos Sem-Terra (MST), aliado histórico do PT, decidiu recorrer ao governador tucano Geraldo Alckmin para tentar avançar a questão agrária ao menos no Estado de São Paulo.

As principais lideranças do movimento no Estado, acompanhadas por lideranças nacionais, como Gilmar Mauro, reuniram-se no final da tarde desta segunda-feira, 7/10, com o governador no Palácio dos Bandeirantes, na capital. A notícia é do Estadão, veja aqui, e cita a reportagem que culminou de denúncia do SindPFA.

Em setembro, o líder do movimento no Estado da Bahia, Márcio Matos, já havia sugerido que o governo devia fechar o Incra, dada sua inoperância pela paralisação da Reforma Agrária.

Para ver a Campanha do SindPFA que denuncia o “falecimento” da Reforma Agrária no Brasil, clique aqui.

Por KASSIO ALEXANDRE BORBA

Coordenador Executivo