Domingo, 17 de Novembro de 2019

Nota de repúdio à fala de Eliezer Nardoto
Representante da Faes fez acusação grave a trabalho técnico

O Sindicato Nacional dos Peritos Federais Agrários (SindPFA), entidade que representa os Engenheiros Agrônomos da Carreira de Perito Federal Agrário, que compõem o quadro de pessoal do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), repudia a fala do Sr. Eliezer Nardoto, representante da Federação da Agricultura do Estado do Espírito Santo, proferida após reunião com a Direção do órgão, realizada em 30 de maio.

Eliezer comemora a reunião, na qual discutiram a regularização fundiária no Estado, ao dizer que a nova Direção está comprometida com a legalidade. Citou vários problemas vividos pelos agricultores, entre eles desapropriações com supostos “laudos agronômicos que são verdadeiras peças de montagem ideológica”. Veja o vídeo.

A fala, no mínimo equivocada, não reflete a realidade. O Laudo Agronômico, peça produzida pelos Peritos Federais Agrários, obedece a rigorosas normas técnicas e passa por diversos processos dentro do órgão para conferir-lhe robustez e qualidade. As imperfeições na política de reforma agrária ou demarcação como um todo não são originárias nesse documento.

Eventuais falhas ou indícios de irregularidades específicas, se houver, podem e devem ser enfrentados, mas, dada a gravidade do exposto, o representante deveria apontá-los.

O SindPFA e os que representa também são comprometidos com o trabalho técnico e com a legalidade.