Segunda-feira, 8 de Agosto de 2022

Paralisação de 15 de julho foi marcada por mobilizações intensas
Dia foi repleto de articulações políticas e internas em todo o país

O dia 15 de julho foi intenso no Incra: a Paralisação Nacional dos Peritos Federais Agrários foi um intenso movimento da categoria em busca do envolvimento do Incra e do Ministério do Desenvolvimento Agrário na construção e na defesa de uma proposta aos PFAs junto ao Ministério do Planejamento. Em todo o país, apesar de estar em período de férias, Peritos se reuniram em discussão e em articulações internas com os Superintendentes Regionais e Delegados do MDA, bem como em agendas políticas com parlamentares.

O SindPFA convoca, desde já, uma nova paralisação nacional para o dia 23 de julho, próxima terça-feira, dia de reunião com o Ministério do Planejamento. Neste dia, os Peritos Federais Agrários são convidados a acompanhar o resultado do encontro com o Secretário Sérgio Mendonça. O Sindicato fará a transmissão das principais falas e acontecimentos pelo twitter (www.twitter.com/sindpfa). Os Peritos deverão comentar e discutir sobre a campanha salarial nas SRs, bem como cobrar os resultados dos entes já contatados.

Veja abaixo algumas fotos e informes das movimentações da Paralisação Nacional do dia 15 de julho.


Na sede do Incra em Brasília, os PFAs se reuniram uniformizados na sala do SindPFA, e partiram para a Presidência do Incra, em busca de uma reunião com a Presidente Substituta, Érika Galvani. O grupo foi recebido pela Chefe de Gabinete do Presidente Guedes, Helena Nahum, e pelo Diretor de Gestão Administrativa, Juliano Rezende. Foi exposta a necessidade de reunião com a Presidência, tendo em vista a urgência da construção de uma proposta conjunta e do envolvimento concreto do Incra nesse processo. O Diretor Juliano ouviu os parâmetros mínimos da categoria para a reestruturação salarial e comprometeu-se a iniciar os trabalhos técnicos de construção de uma tabela alternativa e dos impactos relacionados. Uma reunião com a Presidente Substituta deve acontecer ainda essa semana.

O grupo esteve ainda no gabinete dos Diretores de Obtenção e de Desenvolvimento, solicitando seu apoio junto à Presidência do órgão.


Os PFAs da SR28 (Distrito Federal e Entorno) reuniram-se com o Superintendente regional Marco Aurélio Bezerra da Rocha para comunicar sobre a Paralisação Nacional dos Peritos Federais Agrários no dia e dos novos direcionamentos da campanha salarial. O Superintendente reiterou o apoio à categoria e encaminhará ofício ao Presidente do Incra solicitando apoio à causa dos PFAs. Como mobilização neste dia foi plantada uma muda de ipê em frente à SR.


Em Goiás, 16 Peritos, incluindo 1 aposentado, se reuniram com o Superintendente Regional e com o Chefe de Obtenção, solicitando apoio e conversando sobre a Campanha Salarial. Esta semana, o Delegado Sindical do SindPFA no estado vem à Brasília para ajudar nos contatos parlamentares.


Na SR-20 (ES), os PFAs estiveram reunidos com o Superintendente Regional. A paralisação contou com 11 agrônomos.


No Amapá, PFAs estiveram paralisados durante todo o dia. Nessa terça-feira pela manhã, eles se reuniram com a Superintendente Assunção Giusti para entrega dos ofícios e panfletos e solicitação de apoio em prol da luta da categoria.


No Piauí, os PFAs se reuniram com o superintendente Limma, reiterando a insatisfação com a atual situação salarial. Durante a conversa, o Superintendente ligou para o deputado federal Assis Carvalho, expondo a situação; o Deputado comprometeu-se em fazer um requerimento em plenário, nessa terça-feira. Foram entregues os documentos de Campanha ao Superintendente e aos assessores parlamentares do deputado Assis Carvalho e do senador Wellington Dias.


Na SR-19 (Rio Grande do Norte), os PFAs estiveram mobilizados em frente ao Incra, num total de 26 Peritos. Todos os participantes estavam uniformizados com as camisas enviadas pelo SindPFA.

Uma comissão composta de 6 PFAs esteve reunida às 10h da manhã com o Ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, em sua residência, onde foi entregue o material de nossa campanha, explicada nossa luta e solicitado o seu apoio junto ao seu colega Ministro Pepe Vargas. No momento, o mesmo tentou contato telefônico com o ministro do MDA, que não pode atender nem o seu Secretário Executivo, pois estavam em solenidade entregando máquinas em outro Estado. O mesmo se comprometeu a refazer os contatos posteriormente.

O Ministro se dispôs também a tratar de nossas reivindicações junto ao Presidente da Câmara, seu primo, Henrique Eduardo Alves, informando que estariam reunidos com a cúpula do PMDB em Brasília no mesmo dia. Foi pré-agendada junto à Assessoria do Presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves uma reunião. O Delegado Sindical do RN, Alexandre Aidar, deverá ser o interlocutor desta atividade.

Às 11h ocorreu uma reunião com o Superintendente em exercício, Íbero Hipólito, com a participação de 10 PFAs, quando foram esclarecidos os motivos da reunião e solicitado o apoio à luta da categoria. O Superintendente se comprometeu a enviar o ofício ao Presidente do Incra.


Em Petrolina, os Engenheiros Agrônomos também estiveram em reunião com o Superintendente Regional. Foram recebidos de forma amistosa e respeitosa, e pediram o apoio para encaminhar ofício à Presidência do Incra. O Superintendente se prontificou a enviá-lo. Foi externada a insatisfação com o tratamento recebido pelo Governo e pela direção da Casa, solicitando que Incra e MDA se envolvam na construção de uma proposta concreta. O Superintendente é PFA e sindicalizado, razão pela qual recebeu uma camiseta do grupo e a vestiu. Os PFAs da SR pretendem parar semanalmente até agosto.


Na SR-17 (RO), os Peritos estiveram reunidos pela manhã na sala de reunião do MDA. Como o Superintendente não está na SR, o encontro com o mesmo acontecerá quando do seu retorno, ainda esta semana.


No Amazonas, PFAs paralisaram os trabalhos, produziram faixas e estiveram com a Superintendente Regional e cobraram apoio. O Delegado Sindical do Amazonas, Afonso Vieira, concedeu entrevista à Rádio Amazonas FM para explicar a situação vivida pelos Peritos e a Campanha Salarial. Ouça a entrevista:


Na Bahia, os PFAs falaram com o Superintendente Regional, que é PFA, e entregaram a ele a camiseta da Campanha Salarial.


Em Mato Grosso do Sul, 9 PFAs se reuniram pela manhã, no auditório da SR, onde trataram dos últimos acontecimentos. O grupo buscou uma reunião com o Superintendente, mas a mesma não aconteceu na segunda-feira; o grupo permanece em pressão para encontrá-lo e solicitar assinatura de ofícios ao Presidente do Incra e ao Ministro do Desenvolvimento Agrário. A presidente do INCRA em exercício estará em MS na quarta-feira, por isso o Superintendente substituto prometeu uma breve reunião com ela neste dia. Caso se concretize, o grupo demandará o que já vem sendo buscado pela Diretoria do SindPFA e, se for possível, o superintendente entregará, em mãos, o ofício.


Na SR-01 (Belém-PA), os poucos que estão na SR estiveram parados. O Superintendente também encontra-se de férias e a substituta é a PFA Edila Ferreira Monteiro, que já encaminhou ofício ao Presidente do Incra.

Em Marabá-PA, a adesão à paralisação também foi maciça: cerca de 98% dos Peritos Federais Agrários participaram. O Superintendente de Marabá já é apoiador da causa e recentemente esteve em Brasília fazendo articulações a favor da Campanha Salarial dos PFAs.


Em Sergipe, os Peritos se reuniram com o Superintendente, que é PFA, informando sobre o Dia Nacional de Paralisação. O Superintendente se comprometeu em construir um documento conjunto com os demais PFAs que são Superintendentes, dentro dos parâmetros aceitos como mínimos, para ser entregue ao Presidente Guedes e ao Ministro Pepe Vargas.


No Paraná, foi feita a paralisação e o dia foi bastante produtivo: os PFAs contactaram o Superintendente, que também é PFA, estiveram no escritório do deputado federal Dr. Rosinha e ainda conversaram com o Senador Sérgio Souza na antessala do gabinete da Superintendência.


Na SR-30 (Santarém-PA), participaram da paralisação 15 PFAs. Houve cobertura da imprensa: 3 emissoras de TV deram cobertura. Reuniram-se à tarde com o Superintendente, ele demonstrou compreender a demanda e manifestou apoio. O Superintendente comprometeu-se a intermediar um contato com o deputado Priante (PMDB/PA).


21 PFAs de Recife participaram de uma reunião com o deputado federal Paulo Rubem Santiago no Incra. O deputado já apóia a categoria desde a audiência pública de 18 de abril, quando foi contundente em seu discurso sobre a possibilidade orçamentária para um reajuste digno aos PFAs. No encontro dessa segunda-feira, foi discutida a situação da carreira, a conjuntura atual e a estratégia para a próxima reunião no MPOG. O deputado se comprometeu a participar da reunião.


Em São Paulo, 10 PFAs participaram do movimento. Foi feito um debate da necessidade da categoria intensificar sua mobilização tendo o SindPFA como condutor, evitando dividir a categoria. O grupo considera que a diretoria do SindPFA está conduzindo o processo com firmeza e sabedoria. Foi feita reunião com o PFA Sinesio Sapucahy, Superintendente Substituto, que se comprometeu a enviar oficio ao Presidente Guedes e foi feito contato com escritório do deputado Vicentinho.


Em MT, os PFAs estiveram no gabinete do Superintendente para solicitar envio de ofício ao Presidente Guedes. Foi entregue folder e outros materiais. O superintendente ligou para o líder da bancada de MT e marcou uma reunião para quinta-feira, para pedir o apoio a nosso pleito.

Por KASSIO ALEXANDRE BORBA

Coordenador Executivo