Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

PFAs do Amapá se reúnem com Randolfe Rodrigues
Senador será candidato à Presidência da República pelo PSOL

Na última terça-feira, 28 de janeiro, doze Peritos Federais Agrários da Superintendência Regional do Incra no Amapá (SR-21) se reuniram com o senador Randolfe Rodrigues, no seu escritório em Macapá. Pré-candidato à Presidência da República pelo PSOL, Randolfe foi o senador mais votado do estado do Amapá em 2010, tornando-se o mais jovem integrante do Senado Federal da atual legislatura, e foi classificado como o melhor senador do ano de 2013 pelo Prêmio Congresso em Foco, avaliado por jornalistas. A reunião com o senador foi solicitada pelos próprios peritos, dado o interesse do parlamentar pela causa agrária.

Num primeiro momento, os PFAs se apresentaram e explicaram ao senador as funções dos Peritos Federais Agrários no Incra e da importância e empenho do SindPFA para a melhoria das ações do órgão. Foram entregues materiais institucionais do Sindicato, indicando a disposição da categoria em propor soluções para os graves problemas fundiários existentes no Brasil hoje, especialmente da Amazônia.

Foram tratadas a constatação do sobrecadastramento de terras no Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR), as deficiências do Programa Terra Legal e a falta de regularização fundiária na Amazônia, onde destaca-se a tentativa do Ministério do Desenvolvimento Agrário de realizar concurso temporário para as atividades de regularização fundiária, que, na verdade, não têm caráter temporário. Trataram ainda do atual quadro de descontrole sobre a terra, favorecendo a grilagem, a especulação imobiliária e a violência no campo, o que se traduz em altas taxas de desmatamento, conflitos fundiários e baixa qualidade de vida no campo.

Falou-se sobre a questão da infraestrutura precária do Incra, citando a situação evidente da Superintendência Regional do Espírito Santo e a situação funcional dos servidores, dos baixos salários em relação a carreiras assemelhadas.

Randolfe demonstrou interesse aos temas e estatísticas apresentados pelos PFAs, reiterando que a reforma agrária sempre foi um dos principais eixos do seu programa. Afirmou que a reforma é a base, que a agricultura familiar é quem alimenta o país. O senador firmou o compromisso e a satisfação de realizar uma nova reunião com a Diretoria do Sindicato em Brasília.

Em 2014, o SindPFA pretende se reunir com outros entes que disputarão o Planalto para apresentar as propostas da entidade para a política agrária brasileira.

Por KASSIO ALEXANDRE BORBA

Coordenador Executivo