Domingo, 18 de Abril de 2021

Projetos de pesquisa: Conselho Editorial é formado
Colegiado seleciona propostas que serão desenvolvidas com orientação acadêmica em temas relacionados à gestão da terra no Brasil.

O Sindicato Nacional dos Peritos Federais Agrários (SindPFA) formou o Conselho Editorial que está selecionando as propostas recebidas na Seleção de projetos de pesquisa com concessão de ajuda de custo, de que trata o Edital nº 3/2020, atendendo aos critérios estipulados no chamamento. Alexandre Cavalcanti (PE) será o coordenador, enquanto Ana Paula Carvalho (Sede), Ernesto Reis (BA) e Márcio Alécio (AC) serão os avaliadores. Todos possuem boa experiência acadêmica (ver currículos abaixo) e aceitaram contribuir com essa iniciativa do Sindicato para fomentar a produção de conhecimento.

Em setembro, o SindPFA lançou edital para selecionar projetos em temas relacionados à gestão da terra no Brasil, que serão desenvolvidos com orientação acadêmica, para compor publicações e incentivar o debate público. Como dito, o chamamento prevê ajuda de custo tanto para os pesquisadores quanto para os orientadores. Ao Conselho Editorial cabe avaliar os projetos de pesquisa; analisar recursos; referendar ou indicar os orientadores para os projetos de pesquisa; monitorar o seu desenvolvimento; receber, revisar, aprovar os trabalhos finais; e participar da sua apresentação e defesa.

A fase de avaliação e seleção está em curso, com resultado preliminar programado para esta sexta, 11/12, e resultado final, após eventuais recursos, para o dia 18 de dezembro. O desenvolvimento das pesquisas dos projetos selecionados ocorrerá até junho de 2021. O edital pode ser acessado na íntegra clicando aqui.


Currículos:

Alexandre Cavalcanti (PE) – coordenador

É engenheiro agrônomo pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Perito Federal Agrário, ingressou no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em 2006, lotado em Recife-PE. Especialista em Avaliação e Cadastro Multipropósito pela Universidade de Jaén (Espanha), onde atualmente desenvolve mestrado na área. É Diretor de Formação Profissional do SindPFA (2019-2021).

Ana Paula Carvalho (Sede) – avaliadora 

É engenheira agrônoma pela Universidade de Brasília (UnB), com mestrado e doutorado em Ecologia concluídos na mesma Universidade . Possui, ainda, especialização em Sensoriamento Remoto aplicado à Análise Ambiental pela mesma instituição. Perita Federal Agrária, ingressou no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em 1997. Já atuou na Secretaria de Regularização Fundiária na Amazônia Legal, na Comissão de Ética do Incra e atualmente é Chefe da Divisão de Implantação de Projetos de Assentamento no órgão, em Brasília-DF.

Ernesto Reis (BA) – avaliador 

É engenheiro agrônomo pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), com mestrado em Engenharia Ambiental Urbana pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e está cursando Direito. Possui, ainda, especialização em Solos e Meio Ambiente pela Universidade Federal de Lavras (UFLA). Perito Federal Agrário, ingressou no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em 1997, lotado na Unidade Avançada de Itabuna-BA. Premiado na seleção que culminou no livro Avaliação de imóveis rurais pelos Peritos Federais Agrários (2019).

Márcio Alécio (AC) – avaliador

É engenheiro agrônomo com mestrado em Ciências Agrárias e especialização em Agricultura no trópico úmido, ambos concluídos pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), e doutorado em Biotecnologia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Perito Federal Agrário, ingressou no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em 2008, lotado em Rio Branco-AC, estado onde foi Superintendente Regional do órgão.