Segunda-feira, 8 de Agosto de 2022

SindPFA se reúne com Presidente do Incra
Encontro tratou dos próximos passos da Campanha Salarial

Nesta quarta-feira, 24/7, foi realizada uma reunião do SindPFA com o Presidente do Incra, Carlos Guedes, para tratar das questões relacionadas à negociação salarial. Também estavam presentes o Diretor de Gestão Administrativa Substituto Vinícius Ferreira de Araújo e a Coordenadora Geral de Gestão de Pessoas Eva Maria de Souza Sardinha. A reunião é fruto do estabelecimento de um calendário, como havia prometido na reunião do dia anterior no Ministério do Planejamento.

O SindPFA esteve representado por seu Diretor Presidente Ricardo de Araujo Pereira, o Diretor Presidente Substituto Sávio Silveira Feitosa, o Diretor de Comunicação Fernando Humberto Faccio (SR-10/SC), a Diretora Financeira Ana Maria Faria do Nascimento (DF), o Delegado Sindical de Alagoas, Gabriel Arruda, o Delegado Sindical do Rio Grande do Norte, Alexandre Aidar, os PFAs Gilmar do Amaral e Renato Caixeta (DF).

Guedes iniciou fazendo uma avaliação positiva da reunião na SRT/MPOG e solicitou do Sindicato sua percepção sobre a reunião com o Secretário Sérgio Mendonça. O Sindicato destacou que o ponto mais positivo foi a presença do próprio Guedes na reunião e o objetivo do Presidente em estabelecer a Governança Agrária como tema central para o futuro do Incra. A Diretoria do sindicato explanou a simpatia da categoria com o tema da governança agrária, mas explicitou a necessidade que a Diretoria do Incra e o MDA fizessem movimentações para a sensibilização do centro de governo para a construção de uma proposta. O Sindicato demonstrou disposição em avançar nas negociações, prova disso foi o oferecimento de parâmetros que balizariam uma proposta minimamente aceitável.

O Presidente falou sobre os planos do Incra em se tornar referência mundial em gestão da terra, referenciando experiências de países latinos que conheceu em Cuba, em recente viagem que fez a convite da FAO – Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, para tratar sobre o tema. Acerca da negociação salarial, mostrou envolvimento e o desejo de resolver a questão esse ano, mas falou dos seus limites de intermediação, atribuindo ao MPOG uma decisão definitiva, sendo legítimas as ações da categoria de pressão junto ao centro de governo a fim de sensibilizá-lo à necessidade de apresentar algo diferenciado.

Ricardo destacou a postura propositiva do Sindicato, a importância do trabalho dos PFAs, inclusive no tema da Governança Agrária, o qual o Presidente do Incra adotou para sua gestão. Prova disso é o trabalho de arrecadação do ITR, apresentado na reunião do dia anterior. Falou que, dentre as 5 categorias que estão à mesa de negociações, os Peritos Federais Agrários têm a situação mais fácil de resolver, dado o baixo impacto e o número reduzido de profissionais da carreira, em relação às demais. Outro ponto determinante é o de que, dentre as carreiras regulamentadas ou que tem previsão constitucional (como é o caso do PFA), a dos Peritos é a única que não teve reestruturação. O Sindicato falou ainda da necessidade do governo em ser fiel aos acordos cumpridos, tal como a categoria foi fiel a acordos anteriores, ainda que vivendo a situação de desvalorização.

O Presidente designou, pois, a Coordenadora Geral de Gestão de Pessoas Eva Maria de Souza Sardinha para a construção, com acompanhamento com o Sindicato, de tabelas para diferentes cenários. Após esses exercícios, o SindPFA volta a se reunir com o Presidente do Incra. Ficou marcado um novo encontro do Sindicato com o Presidente do Incra na próxima semana, a se realizar na quinta ou sexta.

Por KASSIO ALEXANDRE BORBA

Coordenador Executivo