Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

SindPFA apóia ação judicial para retirar do ar campanha do Governo
Fonacate e Pública - Central do servidor protocolaram ação contra a propaganda

O SindPFA, afiliado ao Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) e à Pública – Central do Servidor, apoia a ação judicial impetrada pelas duas instituições com o objetivo de retirar do ar a publicidade do Governo Federal sobre a reforma da Previdência que diz que “servidor público tem privilégios”. A propaganda indica que os servidores públicos como os responsáveis do “rombo” da previdência.

O Fonacate lançou ainda uma campanha de TV para desmentir as falácias do governo e atacar a reforma da Previdência. No primeiro vídeo contra a reforma, o Fórum afirmou que o governo tem que adotar medidas firmes contra a corrupção e a sonegação de impostos.

“Esse governo precisa saber mais sobre o que é privilégio. Refis é privilégio. Foro privilegiado, ser condenado e não ser preso, dever à Previdência e não ser cobrado. Não vamos aceitar esses ataques aos servidores”, enfatizou o presidente do Fonacate, Rudinei Marques.

Além destas ações, o SindPFA convoca os Peritos Federais Agrários a participarem da Assembleia que acontecerá no dia 4 de dezembro para discutir sobre reforma da Previdência, adiamento de recomposições salariais e outros ataques ao Serviço Público e mobilizações. Para acompanhar mais informações sobre a Assembleia, clique aqui.

 

NATALIA RIBEIRO PEREIRA

Por NATALIA RIBEIRO PEREIRA

Assessora de Comunicação no SindPFA